seguidores

25 de fevereiro de 2010

MORENÍSSIMA NA PANELA

CONTO: VALDÍVIA COSTA | IMAGENS: MARLEY LUCENA

A rata azeda
anda pela casa
sem medo
e com ágeis pegadas.
Vasculhando
procurando qualquer grão.


Quando menos se espera
numa peripécia
ela não conta conversa
e entra na desusada
panela de pressão.


A rata safada
é dissimulada
até finge de morta
a talentosa rata!
Pra não ser pega
ela roda, roda
no fundo do panelão
e sai com cheiro de feijão.


A gostosa rata não para.
Dispara de sua gaiola
pra um longo
e festejado trajeto.
Sala, quarto, canto,
e muito mais que isso
explorado devidamente.

Sem esquecer do hobby
dessa fantástica rata
que é roer o kase do violão.
Mesmo com toda essa oferta
a rata muito esperta
jamais esquece de passar
na penela do seu feijão.

Outro dia fizemos
um tortuoso experimento
Fechamos a velha panela
só pra ver o desconserto.
Não é que a rata ninja
subiu na tampa
e rodou várias vezes
olhando, pedindo feijão!

4 comentários:

Yaya disse...

lindo! vou ler esse pro abel!

neguinha disse...

kkkkkkk
Quando a gente pensa que já viu de tudo no De acordo com, lá vem Val com seu "brilhantismo jonalístico" e nos apresenta mais uma novidade! Adorei.

De acordo com disse...

É, literiamente, precisamos dessas leseirinhas pra delirar... hehehe

xistosa - (josé torres) disse...

Leseirinha ... nem sabia que existia esta palavra.
Por isso gosto da Net.
Aprendemos sempre.
Bom post, (poema), como sempre.

Cumprimentos.