seguidores

28 de fevereiro de 2009

*teatro - Monteiro apresenta Vau da Sarapalha


Cena de Vau da Sarapalha | imagem: Google

por Valdívia Costa*

Recebo boas notícias de Monteiro, Cariri paraibano, terra de poetas e músicos de primeira estirpe, como Pinto de Monteiro e Zabé da Loca. Meus amigos produtores Rivelino Neves e Raniel Quitans estão levando o espetáculo teatral Vau da Sarapalha, do grupo paraibano Piollin, para uma única e inesquecível apresentação no teatro Jansen Filho, no dia 21 de março, às 21h00. O preço da entrada é camarada, R$ 6,oo inteira e R$ 3,00 estudande.

O drama Vau da Sarapalha é uma das montagens mais importantes da década, segundo a crítica especializada. O contato pra produção se realizar aconteceu através de uma parceria entre a Piollin e a Fábrica de Artes dos Cariris (FAAC), além dos produtores locais Rivelino e Raniel.

Trata-se de uma adaptação do grupo paraibano Piollin para o conto “Sarapalha”, de João Guimarães Rosa. Desde 1992, os cinco atores do Piollin rodam o Brasil e o exterior acumulando participações em festivais internacionais. A encenação é assinada por Luiz Carlos Vasconcelos (o marido mais novo de Regina Casé em "Eu Tu Eles").

A peça remete o público ao universo simbólico do escritor (sempre o Sertão e seus personagens) por meio de uma representação que reúne tanto elementos do teatro físico quanto do narrativo. A combinação é alinhavada por uma bela sonoplastia, que é dividida entre os cinco atores em cena. Em Vau da Sarapalha revela-se um Brasil tosco e rural, personagens que vivem quase na miséria, como bichos.

A gaivota - Mas o grupo Piollin não vai a Monteiro só pra apresentar uma única peça. Ao completar 30 anos de estrada, o grupo de teatro também se apresentará no Clube Municipal no dia anterior ao Vau da Sarapalha, na sexta-feria, dia 20, às 20h30. O espetáculo "A Gaivota (alguns rascunhos)", de Haroldo Rego, chega aos monteirenses e mostra a história baseada no texto do aclamado escritor russo Anton Tchécov.

O espetáculo, que estreou em João Pessoa em setembro de 2006, passou pelo Riocenacontemporânea, em outubro de 2006 e participou também da 2ª Mostra Latino-Americana de Teatro em maio deste ano. O Piollin Grupo de Teatro comemora o "trintenário" junto ao seu Centro Cultural Piollin, ex-Escola Piollin, que abriga as atividades do grupo e ações no campo da arte e da educação. Crianças, adolescentes e jovens de baixa renda da cidade agradecem.

SERVIÇO:
Lugares: 150
Recomendação: 12 anos
Duração: 60 minutos
Realização: FAAC - Fábrica de Artes dos Cariris
Patrocínio: PETROBRAS, SEBRAE, UEPB
Informações: (83) 9921-8427 (Rivelino)

*ativista cultural...
------------------------------------
colaboração: Rivelino

Um comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

Parece que estou um pouco a mais.
Não, não é parece ... estou mesmo.
Teatro paraibano não conheço, que me desculpem os ilustres actores.
Não posso visitá-los ... o ônibus avariou e tenho medo de andar de avião.
Também a nado, não sei se os peixes iam gostar ... e o sal faz mal ...
Mas um bom domingo.