seguidores

15 de maio de 2009

*empreendedorismo - João Pessoa acende nova chama da cultura e da arte


Inauguração do "Candeeiro Encantado" no Centro Histórico de João Pessoa

Hoje à noite, João Pessoa vai receber mais um empreendimento que servirá, não apenas para ponto de encontro de produtores e artistas, mas para exposições artísticas. É o ‘Candeeiro Encantado’, um espaço para música e artes plásticas em pelno Centro Histórico de João Pessoa, ao lado do Hotel Globo. Para começar, o Candeeiro vai apresentar hoje os shows de Totonho (pop e eletrônico), e da banda Emboscada, que traz o melhor do reggae. Amanhã, a noite será comandada pelas bandas Sonora Samba Rock, Néctar do Groove e pelo DJ 440 (Olinda-PE).

Muitos empreendedores estão adotando essa tática de unir a diversão noturna com um recheio artístico e oferecimento de peças para o público frequentador da casa. “Os shows de abertura traduzem a proposta do Candeeiro: abrir espaço para a diversidade cultural que a cidade apresenta. Queremos integrar em um mesmo ambiente o melhor do rock, regional, reggae, forró, samba, eletrônico, tem lugar pra todo mundo”, revela um dos produtores da casa, Guestho de Sousa.

Ele disse que a idéia é avançar na ocupação do Centro Histórico com atividades culturais. É mais um espaço para movimentar no embalo das parcerias, como disse o produtor da casa, Diego Nobre. O local abrigou o antigo "Galpão 14". Agora o Candeeiro abre asportas à diversidade cultural. Todo ambientado com cartazes, fotos, quadros, artesanato e artes plásticas a nova casa de cultura tem um ambiente desenhado pelo artista plástico "Shiko", que produzirá novas cores nas paredes do Candeeiro a cada noite aos olhos do público presente.

TOTONHO – Como muitos músicos de origem humilde, Totonho aprendeu música batendo em lata. Aos 18 anos deixou Monteiro, no Cariri paraibano, e foi para São Paulo. Conheceu algumas pessoas importantes em sua formação, como os conterrâneos Chico César e Pedro Osmar. Entre estas idas e vindas foi parar no Rio, onde passou a dividir seu tempo entre a música e a ONG Ex-Cola, que visa inserir meninos de rua no ambiente escolar. Gravou algumas demos, até receber uma proposta da Trama em 1998 e lançou seu álbum de estréia ‘Totonho e os Cabra’. Em 2006 lançou o segundo CD “Sabotador de Satélite”, que visita diferentes praias da música regional brasileira, mas flertando com elementos do funk, hip hop, IDM, ragga e jazz.

EMBOSCADA – A banda de reggae Emboscada busca agregar à herança musical deixada por Bob Marley, mas com algo de contemporâneo, mais próximo da realidade do grupo, que há oito anos vem desenvolvendo um trabalho autoral. As letras das músicas abordam temas e situações vivenciadas pela juventude paraibana. A banda já participou do festival de música do Sesc, tendo recebido o prêmio de 1º lugar na escolha do Júri Popular e o 3º lugar pelo Júri da Crítica. Em 2006 lançou o primeiro CD “A Trilha”. Independente, o álbum apresenta dez canções que retratam o estilo da banda.

Serviço:
Hoje, dia 15 - Totonho e Banda Emboscada - 22h
Amanhã, dia 16 - Sonora Samba Rock, Néctar do Groove e DJ 440 - 22h
Ingressos Antecipados: Lojas Furta Cor – R$ 8,00
Ingressos no local: R$ 10,00

------------------------------------------------------
Colaboração: Rafaela Cristofoli (Assessora de Imprensa) – 8846.4969
Guestho de Sousa – 8870-1060
Diego Nobre – 8820-5707

Um comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

Estou longe da realidade brasileira.
Também não há intercâmbio de notícias.
Leio a Folha de S. Paulo on-line, mas nem sei quais os jornais de maior circulação que não se vão imiscuir nos problemas "pequenos" de uma cidade como João Pessoa, onde as pessoas, (não é ironia) estão mais próximas que nos amontoados de gente aos milhões.

Fui operado ao coração e ainda estou em convalescença.
Tudo correu bem, mas agora é o tempo o melhor médico.
Estava com "ganas" da Internet.
Voltarei.
Um abraço de amizade deste lado.