seguidores

22 de agosto de 2009

*artes - Novos Festivais de Inverno na PB


Unidade de Proteção Integral - O Parque Estadual da Pedra da Boca está situado no município de Araruna, um dos pontos turísticos da cidade | imagem: Renato Moura

Por Michelle Farias

Cerca de 15 mil pessoas
poderão apreciar a grande
programação cultural do evento


Mais dois festivais de inverno foram criado no Estado da Paraíba e desta vez o cenário é o Curimataú paraibano. Durante três dias a cidade de Araruna, vai receber o 1º Festival de Inverno, a começar por ontem, dia 21, ao próximo domingo, dia 23. o município vai se transformar em um espaço de muita cultura, arte e gastronomia e espera receber um público de cinco mil pessoas por noite.

O outro festival de inverno será criado no território a partir da próxima segunda-feira, dia 24. Dessa vez será a cidade de Cuité que terá o seu evento também até a próxima sexta-feira, dia 28. O Sebrae apoiou os dois eventos através do projeto de Turismo Integrado do Curimataú e Seridó.

Ontem à noite, a apresentação de grupos folclóricos, banda de música e um recital do repentista e poeta Oliveira de Panelas deu o ponta-pé inicial ao evento. Para encerrar a programação do primeiro dia de festa houve show do cantor paraibano Flávio José. Dando continuidade a programação, durante os dias seguintes do festival haverá teatro, exposições, oficinas, palestras, danças, artes plásticas e comidas típicas da região.

O 1° Festival de Inverno de Araruna é realizado pela prefeitura municipal e recebe o apoio do Sebrae, Governo do Estado e grupos de produção cultural de Araruna e da região. A festa tem como objetivo projetar o município apresentando seu potencial cultural para desenvolver o turismo.

Mais cultura – No estande do Sebrae do festival de Araruna, as associações de artesãos e outras mostrarão seus produtos. “A oportunidade de se ter esses dois eventos funcionando um em seguida ao outro é essencial para quem está visitando o Curimataú paraibano e poder apreciar nossa cultura local”, enfatizou o gestor do projeto de Turismo, Tiago Jatobá.

Programação

SEXTA-FEIRA (21) – 19h00 - Praça João Pessoa - Apresentação Grupo Reviver (Boi de Rei) - Apresentação Grupo Folclórico Nova Inspiração de Araruna - Apresentação do Grupo de Dança do Colégio da Luz - Apresentação de Violeiros: Poeta Davi Nogueira
19h00 - Praça Rio Branco
19h30 - Praça Rio Branco - Recital com o Poeta Jairo Lima de Araruna
21h00 – Praça João Pessoa - Show voz e violão – Gilberto - Apresentação da Banda de Música de Araruna 12 de agosto/Sargento Alcides Nobre
22h00 – Praça João Pessoa - Apresentação do Repentista Oliveira de Panelas
24h00 – Praça João Pessoa - Show do Cantor forrozeiro Flávio José
3h00 – Praça João Pessoa - Show do Artista da terra Fábio Lima (Preto)

SÁBADO (22) - 19h00 – Praça João Pessoa - Apresentação Grupo Folclórico de Julieta
Praça Rio Branco - Show voz e violão – Adeilson Nascimento
20h00 - Praça Rio Branco - Show de Claudino & Forrozão Asa Morena
22h00 – Praça João Pessoa - Apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba
23h00 – Praça João Pessoa - Forrozão Impacto
24h00 – Praça João Pessoa - Show da Banda Capim Cubano
3h00 – Praça João Pessoa - Show do artista da terra Novinho dos Teclados

DOMINGO (23) - 14h00 – Praça João Pessoa Apresentação de Capoeira
15h00 - Praça João Pessoa - Apresentação do Grupo de Dança da Inclusão Social
Praça João Pessoa - Tradicional Cavalhada Exposição acervo da subsecretaria de cultura da PB Exposição de Artesanato de Araruna e da Paraíba
19h00 - Escola Municipal João Alves Torres - Palestra sobre Saúde Alimentar
20h00 - Escola M. João Alves Torres - Apresentação Peça Teatral: O filho do Jeca Tatu
21h00 - Escola Municipal João Alves Torres - Recital de Poemas
---------------------------
Fonte: Sebrae Paraíba

2 comentários:

Toninho disse...

Imagine que o interior descobre que investimento em cultura e arte é a forma mais interessante de promover o desenvolvimento de uma sociedade.
Toquei no Festival de Inverno de Serrinha PB/PE e foi um tapa na cara de muito oportunistas Brasil a fora.
Vamos gerar emprego e renda na cultura, além de profissionalizá-la.

xistosa - (josé torres) disse...

É no interior que se encontram raízes e sementes para desabrochar a cultura.
Como diz no post anterior " investimento em cultura e arte é a forma mais interessante de promover o desenvolvimento".
Mau mesmo é que os políticos só sabem contar os votos ...