seguidores

22 de março de 2010

O(S) JACARÉ(S) DO AÇUDE VELHO


LENDÁRIO - Além de ser uma bela paisagem, o Açude Velho é habitat de jacarés que uns acreditam e outros duvidam. Crônica de junho de 2006. | imagem/montagem: Val da Costa

VALDÍVIA COSTA

Dizem que eles vivem no Açude Velho desde que Campina Grande-PB começou a atrair gente, como ponto de apoio aos viajantes, comerciantes, tropeiros, que passavam pelo manancial. Alguns até comentam que quem os colocou lá foram os tropeiros. Os jacarés do açude e suas lendas!

Já ouvi tantas narrativas com esses lendários bichos que nem lembro qual foi dita por quem. Muitos chegam a duvidar que eles existam. Os que já os viram, seja um, seja o grande, ou dois, ou um pequeno, se sentem angustiados por contarem o episódio e os que não viram nada (além dos sacos de pipoca, peixes podres e pneus velhos), não acreditarem.

Com essas novas tecnologias tudo cai no Orkut. Uma amiga criou a comunidade Eu já vi o jacaré do Açude Velho. Mais de duas mil pessoas estão lá dizendo que já viram, contando suas histórias mirabolantes. A maioria dos participantes conta ter visto o jacaré (ou os jacarés) de dentro do ônibus, quando passam pelas imediações do açude.

Outro dia, conversando com o vigia do Cuca (antigo Ceu), seu Lima, ele relatou algumas histórias sobre os jacarés. Seu Lima trabalhou, curiosamente, muitos anos por perto do açude. E ele conta que, na década de 1970, havia um jacaré enorme, meio amarelado, que vivia tomando banho de sol em uma parte mais rasa do açude, sob umas pedras.

- A gente passava e via ele lá (apontando para o local), parado, por horas se banhando. Um dia, acharam ele morto, com tiros. Levaram o caso para a polícia e desconfiaram que tinha sido algum pescador revoltado porque o bicho se alimentava dos peixes que também eram pescados pelos moradores das redondezas, como fonte de renda e de alimento.
(Seu Lima fez pausa para refletir sobre a crueldade e egoísmo do homem)

- Tive pena quando vi aquilo...
Ele contou também que, em épocas de chuva, os jacarés menores escapolem pelos dutos que levam ao canal. - Eles vivem fugindo. Chegam pelas bandas do José Pinheiro (bairro da zona Leste). Os meninos fazem a festa! Jogam pedras, espantam os bichos... e os caras tentam matá-los para provar da carne.

Nesses casos, seu Lima explicou que alguns moradores mais assustados e defensores da fauna acionam os bombeiros e eles vão lá, recapturar os bichos e trazê-los de volta ao açude ou dão para o Ibama guardar os animais. A história mais mirabolante sobre os jacarés do açude, seu Lima deixou para o final da nossa conversa:

- Uma vez, um homem que era do sítio e era doido para ter um jacaré no açude da sua propriedade ofereceu uma certa quantia para quem pegasse um jacaré desses fujões para ele. E um cara do Zepa conseguiu. Amarrou o bicho e o ofereceu ao interessado em pagar por ele. O cara do sítio foi lá, pagou ao homem que o capturou e o levou. Mas antes dele chegar ao sítio, os bombeiros o interditaram e resgataram o jacaré.

Questionei a seu Lima sobre o que o comprador tinha feito. Ele riu e continuou:
- O cara ficou indignado porque já tinha pagado, mas os bombeiros não quiseram nem saber! Mandaram que fosse procurar o "vendedor de jacaré". Ele foi! Mas nunca achou o cara. Ninguém sabia quem era esse... tão misterioso quanto quem informou aos bombeiros!

Eu mesma já vi o "jacaré do Açude Velho". Recentemente, uma pequena aglomeração de pessoas me chamou a atenção. Perto do antigo Dom Luiggi, ele estava com metade do corpo em cima de uma pedra, se exibindo. Mas, como toda estrela que detesta assédio foi lentamente submergindo e deixando um caminho de pequenas bolhas na água.

Nos fundos do Cuca, a parte que fica na borda do açude, seu Lima achou um jacaré filhote, que media aproximadamente um metro e meio. Orgulhoso, ele passou o dia todo levando quem entrava no Cuca a ver o bicho, que ficou lá, parado, até anoitecer. Bichos esquisitos esses jacarés. Aparecem, desaparecem... Ninguém sabe ao certo quantos existem, as espécies e porque vivem ali, no centro da cidade? Quem coloca tanto jacaré nesse açude?

2 comentários:

Michelle disse...

Eu já vi o jacaré do açude velho tomando banho de sol \o/
Eles exitem!
rsr

júlio cézar disse...

Eu também já o(s) vi várias vezes!!!

A comunidade "Eu vi o jacaré do Açude Velho" agora é minha!!!

\\o//